IMG_4133

AASDAP apresenta Fotolivro acerca da história do Programa Cientistas do Futuro

Foram nove anos, dentre a implantação e a concretização de um projeto criado com a missão de ampliar o desenvolvimento do programa de iniciação científica adotado pelo INceMaq, se estendendo aos alunos do ensino médio da rede pública de ensino.

O Cientistas do Futuro nasceu com o propósito de contribuir na construção de uma sociedade inclusiva e democrática, alicerçado pela prática científica, capaz de atuar no desenvolvimento humano e na disseminação da cidadania crítica e bem-informada.

A AASDAP, com o apoio financeiro do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), pôde oferecer a jovens do ensino médio, uma educação científica baseada nos projetos específicos sobre o funcionamento do cérebro humano, bem como as relações deste com as pesquisas em interface cérebro-máquina.

Porém, desde o início, já era sabido que o programa teria uma data limite para suas atividades cessarem. Por isso, neste mês de julho de 2017, o Programa Cientistas do Futuro entrou para a história da AASDAP. Um projeto que beneficiou ambos os lados. Para os jovens, conhecimento adquirido e experiência na prática científica. Para a AASDAP, muito mais que gerir um programa, o CF reafirmou o pensamento do nosso fundador, o neurocientista Miguel Nicolelis, de que a ciência pode atuar como um poderoso agente de transformação social.

Para celebrarmos o encerramento do programa, produzimos um fotolivro que conta a história desta trajetória científica no nordeste do país. Para acessá-lo na íntegra, clique aqui e boa leitura!