capa

Projeto Andar de Novo participa do 25° Congresso Brasileiro de Medicina Física e Reabilitação

Com o tema voltado para tecnologia e seus desafios no século 21, a participação da equipe do Projeto Andar de Novo no 25° Congresso Brasileiro de Medicina Física e Reabilitação foi de encontro ao atual momento que o projeto vivencia.

Realizado nos dias 25 a 27 de agosto, em São José do Rio Preto, o evento reuniu centenas de profissionais que atuam na área de reabilitação física, dentre eles fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e enfermeiros.

As profissionais da equipe multiprofissional do Projeto Andar de Novo apresentaram no Congresso os resultados obtidos de cada área de atuação, além de acompanharem aulas sobre temas relacionados à reabilitação e novas tecnologias que vêm sendo aplicadas na área.

A fisioterapeuta Débora Campos apresentou o tema Programa de Reabilitação Ativa para Lesão Medular Motora Completa: impacto na recuperação neurológica motora, abordando propor uma nova forma de atendimento para pacientes lesados medulares completos, ao serem estimulados a realizar voluntariamente e também imaginar os movimentos com as pernas para controlar um avatar em ambiente virtual. O estudo, contudo, resultou em melhora na ativação muscular e a força de contração de alguns músculos, comprovando que o treino físico com enfoque nos membros inferiores, mesmo em indivíduos com lesão medular completa, traz resultados positivos. O sucesso da participação lhe concedeu o prêmio de terceira melhor apresentação oral no evento.

 

debora

Sob o tema Melhora nas Funções Intestinais em Pacientes com Lesão Medular Crônica após Treino de Neuroreabilitação de Longo Prazo, a enfermeira Vânia Sousa Braga apresentou os resultados obtidos entre os pacientes do Projeto Andar de Novo que perceberam melhora não apenas nas funções intestinais, como deixaram de ser pacientes constipados e evoluíram para um quadro de evacuação normal, de acordo com a escala de Bristol. Os resultados geraram surpresas e ótima recepção por parte do público presente. “Fiquei muito feliz em compartilhar os resultados de um trabalho de neuroreabilitação e perceber, ainda, o interesse e a surpresa das pessoas de algo nunca mencionado ou esperado“, afirma Vânia.

congresso_poster

De extrema importância no trabalho de reabilitação, a Psicologia é sempre uma das áreas que aborda resultados relevantes entre os pacientes. Sob o tema Mudanças na Imagem Corporal após Treinamento com Realidade Virtual em Pacientes com Lesão Medular Crônica, a psicóloga do Projeto Andar de Novo, Patrícia Baptista Araújo, levou ao Congresso os resultados atingidos através de um questionário realizado entre os pacientes do Projeto. Nele, as perguntas iam de acordo com as sensações obtidas pelo treinamento com realidade virtual. Além do questionário, Patrícia também realizou uma Análise Qualitativa entre os pacientes. Os resultados com o treinamento vão desde a melhora de autocuidados da parte inferior do corpo, que antes não recebia tanta atenção, até uma nova preocupação com a parte estética, uma vez que pacientes que apenas usavam calças, passaram a usar bermudas, contribuindo para a melhora da autoimagem.