Sobre a AASDAP

A Associação Alberto Santos Dumont para Apoio à Pesquisa (AASDAP) é uma instituição privada sem fins lucrativos, criada em abril de 2004, que tem como objetivo a gestão de recursos públicos e privados para a implantação de projetos sociais e de pesquisas científicas. Reconhecida e aprovada pelo Ministério da Justiça brasileiro, a AADASP recebeu a certificação de Organização de Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), atuando na promoção do desenvolvimento humano e social.



Missão

Promover pesquisa científica voltada para o desenvolvimento de tecnologias e técnicas que auxiliem no tratamento de doenças neurológicas.



Visão

Fundamenta-se na concepção de que a ciência de ponta pode, em países em desenvolvimento como o Brasil, servir como um poderoso agente de transformação social e econômica.


História

Nossa história tem início em 2002, com a concepção do projeto do Instituto Internacional de Neurociências de Natal (IINN).


Liderado pelo Dr. Miguel Nicolelis, o projeto do IINN previa o estabelecimento de uma cidade do cérebro contendo centros especializados em pesquisa científica, educação, esportes, e atendimento à saúde materno-infantil, com o objetivo de (i) produzir ciência de ponta, comparável a realizada em grandes centros; (ii) repatriar cientistas brasileiros; (iii) propiciar condições para criação de um polo tecnológico na região; (iv) e, principalmente, proporcionar à comunidade local cuidados desde a gestação, passando pela alfabetização até a educação especializada em ciência, garantindo, assim, o desenvolvimento e a sustentabilidade da comunidade a longo prazo.


O local escolhido para o estabelecimento do IINN foi a grande Natal, no nordeste brasileiro, região com baixos índices de desenvolvimento humano (IDH), e localizada fora do “eixo Rio – São Paulo” de investimentos em Ciência e Tecnologia (C&T).


Em 2003, o projeto do IINN foi apresentado ao reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), ficando esta universidade comprometida a doar um terreno no município de Macaíba (29km de Natal) para abrigar o “Campus do Cérebro”. Na ausência de uma estrutura jurídica do IINN, a UFRN se comprometeu também a receber e gerir os recursos públicos destinados à construção do Campus do Cérebro, obtidos pelo Dr. Nicolelis junto ao Governo Federal.


Em março de 2004, o projeto do IINN foi lançado oficialmente durante o I Simpósio Internacional de Neurociências de Natal, realizado com recursos doados pelo reitor da Duke University e pelo Dr. Alan Rudolph, cientista americano, amigo do Dr. Nicolelis e parceiro do Projeto até hoje. Este evento reuniu 40 neurocientistas de todo o mundo, que vieram a Natal para apresentar os achados científicos mais recentes e apoiar o IINN.


Em abril de 2004, a estrutura jurídica para o IINN foi criada, recebendo o nome de Associação Alberto Santos Dumont para Apoio à Pesquisa (AASDAP) em homenagem ao grande cientista brasileiro, e com a missão de usar a ciência como agente de transformação social. A AASDAP, entidade privada sem fins lucrativos, certificada pelo Ministério da Justiça como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) tornou-se, então, responsável pela captação de recursos públicos e privados, estabelecimento de parcerias, e gestão de projetos científico-sociais.


Em 2005, diante da perspectiva de atraso das obras do Campus do Cérebro, a AASDAP estrategicamente iniciou a implantação de unidades piloto para que as atividades de pesquisa, educação e saúde pudessem ser iniciadas.

Sonhos que Realizamos Juntos

Em 2019 a AASDAP completa 15 anos de existência, tendo ao longo de sua história estabelecido e gerido oito unidades distribuídas em Natal, Macaíba (RN), Serrinha (BA) e São Paulo (SP), e oito projetos científicos e de divulgação científica. Esta realização se deve ao trabalho do Dr. Miguel Nicolelis - presidente voluntário da AASDAP desde sua fundação - e de Neiva Paraschiva, Dora Montenegro, Anselmo Pecci (in memoriam), Reginaldo Freitas e muitos outros colaboradores que, compactuando do sonho de uma sociedade mais justa e inclusiva, assumiram o compromisso de colocar em prática as ideias do Dr. Nicolelis.

A Caminhada Continua

Para garantir a sustentabilidade de seus projetos, em 2014 a AASDAP firmou um Acordo de Cooperação Científica com o recém-criado Instituto de Ensino e Pesquisa Alberto Santos Dumont (ISD). A partir de então, o ISD passou a gerir as unidades que estavam sob responsabilidade da AASDAP, inclusive o Campus do Cérebro, que teve as atividades iniciadas em 2017.